Unidade de Conservação para preservar o Soldadinho-do-Araripe é criada em Crato

  • 22/07/2019

Assinado na noite do último sábado, 20, o Decreto que cria a Unidade de Conservação Municipal Refúgio da Vida Silvestre Soldadinho-do-Araripe. A solenidade aconteceu no stand da Prefeitura do Crato, no Parque de Exposição Pedro Felício Cavalcanti, durante a Expocrato 2019. O ato trouxe a certeza de que a espécie, que um dia estava ameaçada de extinção, ganhará mais segurança.

O decreto de criação da unidade de conservação (UC) Refúgio da Vida Silvestre (REVIS) Soldadinho-do-Araripe, que corresponde a uma área de 4.480,07 hectares, foi assinado pelo Prefeito Zé Ailton Brasil e pelo Governador Camilo Santana, em solenidade acompanhada pelos secretários do Meio Ambiente, Artur Bruno; do Desenvolvimento Agrário; De Assis Diniz; da Educação, Eliana Estrela; pelo vice-prefeito do Crato, André Barreto; da primeira dama do município, Aldalice Pinheiro; do secretário titular e o adjunto de Meio Ambiente do Crato, Brito Júnior e Eduardo Teles, respectivamente; do deputado federal Idilvan Alencar; do deputado estadual Walter Cavalcante; do Secretário Executivo da SDA, Zé Leite; dos vereadores Thiago Esmeraldo, Marquim do Povão, Amadeu de Freitas, Guri, Neguim Madeireiro; do reitor e vice da URCA, Francisco do 'O Lima Júnior e Carlos Kleber Nascimento, respectivamente; de representantes da Aquasis; prefeitos da Região do Cariri; e servidores municipais.

Em sua fala, o prefeito Zé Ailton Brasil relatou sobre o processo para que fosse concretizada a criação dessa importante unidade, onde segundo o gestor, irá dar mais segurança a espécie do Soldadinho-do-Araripe, para estimular a preservação do referido pássaro e também das áreas de conservação.

Para o governador Camilo Santana, a importância de preservar a espécie precisa ser colocada em primeiro lugar, pois o Soldadinho-do-Araripe é uma ave única do mundo e que só tem nessa região, na Chapada do Araripe.

A categoria REVIS tem como objetivo proteger ambientes naturais onde se asseguram condições para a existência ou reprodução de espécies ou comunidades da flora local e da fauna residente ou migratória. O nome é uma referência à espécie Antilophia bokermanni popularmente conhecido como Soldadinho-do-Araripe, uma ave muito comum na região da Chapada do Araripe.

A nova unidade de conservação vai proteger a fauna e a flora e contribuir também para a melhoria da qualidade de vida da população que vive no entorno ou é impactada pela área protegida, na qual está inserida a maior parte das nascentes cratenses localizadas nas encostas da Chapada.

O Refúgio abrange o núcleo de ocorrência das espécies ameaçadas locais e está conectada com outras seis áreas protegidas e próximas: Floresta Nacional Araripe-Apodi, Área de Proteção Ambiental da Chapada do Araripe, Parque Estadual Sítio Fundão, Monumento Natural Estadual Sítio Cana Brava, Reserva Particular do Patrimônio Natural Oásis Araripe e Arajara Park.

Compartilhar:

Fotos