Crato participa da oficina Regionalizada das Ações Estratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil

  • 10/11/2017

A Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social do município do Crato participa nessa quinta e sexta-feira, (09 e 10), da oficina Regionalizada das Ações Estratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Aepeti), promovida pela Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS), do Estado, através da Coordenadoria de Proteção Social Especial, por meio da Célula de Atenção à Média e Alta Complexidade, realizada no auditório do IFCE Campus Juazeiro do Norte.

A ação faz parte da campanha pela erradicação do trabalho infantil no Ceará. A oficina tem o objetivo de monitorar os Planos Municipais de Ações Estratégicas do PETI. O município do Crato participou com a Vigilância Sócio Assistencial, CREAS, equipes das AEPETI e Secretaria de Saúde.

A coordenadora do AEPETI em Crato Camila Lopes, representou o município com a apresentação dos registros das atividades realizadas desde 2014 e das próximas ações que serão desenvolvidas. “Estamos no momento de reestruturação do projeto e essa oficina é essencial, pois atua diretamente na formação de agentes comprometidos com a política de assistência social, na busca incessante de assegurar os direitos das nossas crianças e no desenvolvimento de ações de combate ao trabalho infantil”, comenta.

Participam também do evento, a secretaria adjunta da SMTDS Edvânia Gonçalves, representantes dos municípios de Crato, Araripe, Assaré, Barbalha, Campos Sales, Caririaçu, Mauriti, Missão Velha, Saboeiro, Salitre e Várzea Alegre.

Na ocasião, cada município compartilhou seus métodos de trabalho, e, ao final, debateram em grupo novas maneiras de combate ao trabalho infantil.

O encerramento da oficina acontece hoje, (10), com a participação do Secretário de Trabalho e Desenvolvimento Social Josbertini Clementino que participará das plenárias setoriais.

Compartilhar:

Fotos