Comitê de Prevenção de Mortalidade Materna e Infantil do município do Crato se reúne para planejar ações

  • 03/10/2017

Na tarde de ontem, 02 de outubro, no auditório do Hospital São Francisco, a Secretaria de Saúde do Crato, promoveu reunião do Comitê de Investigação de Mortalidade Materna, Infantil e Fetal para o planejamento de ações efetivas de diminuição de óbitos maternos e infantis. O comitê foi reativado de acordo com as orientações do Núcleo de Vigilância Epidemiológica (NUVEP), e em consideração à meta do Pacto Nacional da Mortalidade Materna e Infantil.

Além de identificar os óbitos e investigar, ele recomenda ações adequadas de combate às mortes maternas, conscientização dos gestores, das instituições de assistência, das equipes de saúde, e também da comunidade sobre a gravidade deste problema.

O comitê é interinstitucional e multiprofissional, tendo atuação técnico-científica, sigilosa, não punitiva, com função eminentemente educativa, informativa, de assessoramento, normativa, mobilizadora, de investigação e de análise. Sua composição se dá com 14 membros, entre os quais, participam médicos pediatras, ginecologistas e obstetras; enfermeiras hospitalares e de PSF; Coordenação da Atenção Básica; Gerente e Técnica da Célula de Vigilância Epidemiológica e Imunização; e Técnica da 20ª CRES. De acordo com a coordenadora da vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde, Daniele Norões, os Comitês de Morte Materna são importantes agentes na redução do óbito materno, pois sua implantação contribui para a melhoria do sistema de registro desses óbitos e, consequentemente, para o aumento da quantidade e da qualidade das informações disponíveis sobre o tema.

As reuniões do Comitê de Investigação de Mortalidade Materna, Infantil e Fetal serão realizadas mensalmente, no Hospital São Francisco.

Compartilhar:

Fotos