Prefeito do Crato participa de audiência pública para debater homofobia e violência nas escolas

  • 21/08/2017

O prefeito Zé Ailton Brasil, participou na última sexta-feira, 18 de agosto, no auditório do Sesc, de audiência pública com tema da homofobia e violência nas escolas. O encontro foi uma iniciativa da Associação de Defesa, Apoio e Cidadania dos Homossexuais do Crato (Adacho), em parceria com a Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da Assembleia Legislativa o Ceará e com a participação ativa do promoter, blogueiro e ativista André Lacerda.

Presidente da mesa formada para a audiência, a deputada estadual Augusta Brito, tratou sobre a falta de respeito para com os outros e ressaltou o número de assassinatos a homossexuais no Cariri de 2005 a 2015, onde segundo ela, já são mais de 190. “Vamos lutar para minimizar essa problemática. Essa é uma realidade que está bem perto de nós”, destacou a parlamentar.

O mediador professor Gilney Matos, Doutorando em Educação, iniciou o debate apresentando dados de criminalização contra homossexuais. De acordo com o docente, a Região do Cariri se destaca pelo alto índice de violência de gênero, e que o Ceará é um dos estados que mais se mata pessoas LGBT no país. “Devemos englobar a sociologia, filosofia, história e geografia na educação dos nossos alunos, disciplinas que trabalhem o ser humano”, pontuou.

Para finalizar, o prefeito informou que foi criada uma Coordenadoria LGBT no município, e em breve, será implantada com o apoio do Governo do Estado. “Foi de extrema importância a realização dessa audiência, no que diz respeito ao avanço das políticas públicas voltadas para a diversidade de gênero, dialogar e respeitar mais, e combater qualquer tipo de discriminação. A vida é tão simples, tão curta. Devemos respeitar a todos”. Concluiu o chefe do executivo cratense

Também participaram da audiência, o Coordenador de Políticas Públicas para o Público LGBT do Governo do Estado do Ceará, Narciso Júnior; a representante da Rede Trans Brasil, Samila Marques; o Presidente da Adacho, Antônio Marcos; do Presidente do Conselho Municipal dos Direitos LGBT de Juazeiro do Norte, Edilson Gomes; o pró-reitor e professor da URCA, Roberto Siebra; a Coordenadora da Crede 18, Luciana Brito; do Coordenador de Gestão de Pessoas da Secretaria de Educação do Crato, Moisés Otávio, no ato representando a titular Otonite Cortez; e o Coordenador Nacional do Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase (Morhan), Faustino Pinto, além de professores, coordenadores, diretores e alunos da rede municipal de ensino.

Compartilhar:

Fotos