Cortejo dos grupos da cultura popular encerra festejos do mês do folclore e presta homenagem à padroeira do Crato

  • 02/09/2019

A cultura e a fé sincretizadas no cortejo dos grupos da cultura tradicional popular que marca o fim do mês do Folclore e, também da festa da padroeira do Crato, Nossa Senhora da Penha.

Os grupos se concentraram na Praça Aderson Bezerra (antiga São Vicente), iniciando a festa. Danças, jogos e muita batucada deram o tom da caminhada em direção à Sé Catedral.

Para o Secretário de Cultura, Wilton Dedê, o momento é de festa e confraternização, e ainda um momento oportuno para o fortalecimento dos atores culturais que constroem, dia a dia, a cultura do Cariri.

Participaram do cortejo, os reisados da Bela Vista, do Mestre Aldenir; do Sítio Riacho Verde, Mestre Antônio de Helena; do Sítio Coqueiro, Mestre Gilberto; do Sítio Cruzeiro, o reisado Decolores, da Mestra Mazé de Luna; maneiro pau do Mestre Cirilo; maneiro pau do Mestre Chico Caboclo; Maracatu Uinu Erê do Grupo Zabumbar; Grupo de cocos de Maria da Santa, no Sítio Quebra; Grupo de coco da SCAN; Grupo de Coco da Batateira, da Mestra Edite; Maculelê do Sítio Santo Antônio, em Barbalha; e o grupo de capoeira Alforria.

Durante o mês de agosto, a Prefeitura do Crato, por meio da Secretaria de Cultura, realizou diversas terreiradas nas casas dos mestres de cultura. “Esta é uma maneira bem significativa de celebrar a cultura popular, pois envolve toda a comunidade que convive com os mestres e valoriza as localidades mais distantes, inclusive as rurais, que recebem diversos visitantes e trocam experiências”, destacou Dedê.

A gestão do Prefeito Zé Ailton acredita que valorizar e incentivar nossa cultura é primordial para os grupos e também para a população, que passa a conhecer e a participar mais desse universo.

Compartilhar:

Fotos