Centro de Referência Especializado de Assistência Social do Crato promove capacitação sobre AEPETI para agentes comunitários de saúde

  • 11/04/2018

O Governo do Crato, por meio da Secretaria Municipal do Trabalho e Desenvolvimento Social (SMTDS), juntamente com a Coordenação das Ações Estratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (AEPETI) e do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), realizou ontem, 10, atividade formativa para os Agentes Comunitários de Saúde da cidade.

A capacitação, que aconteceu no auditório da Escola Profissionalizante Violeta Arraes, foi conduzida por profissionais da coordenação AEPETI/CREAS e contou com o comparecimento de grande número de participantes.

De acordo com a psicóloga do CREAS e técnica de referência do AEPETI, Karla Danyelle Queiroz, esse encontro objetivou repassar informações importantes sobre a questão do trabalho infantil para que os agentes comunitários de saúde saibam identificar e encaminhar casos. “Ações como essa são extremamente importantes para o fortalecimento da Rede, que une Saúde, Assistência Social, Cultura e Educação do município”, pontuou.

A agente comunitária de saúde, Edvânia Olimpio, que atua no bairro Mutirão, considerou a capacitação excelente e com informações muito relevantes. “Trabalhamos em bairros onde o problema do trabalho infantil é presente, nós como ACS’s, podemos sim auxiliar de forma efetiva no combate, protegendo nossas crianças”, destacou.

A luta contra o trabalho infantil demanda envolvimento dos diversos segmentos sociais para proteger crianças e adolescentes do ingresso precoce na atividade laboral.

É importante destacar a atuação do Programa Nacional de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), integrante do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), como um fator que influenciou na redução do trabalho infantil no país, por meio de ações de transferência de renda, atendimento das crianças e adolescentes nos serviços de convivência e fortalecimento de vínculos e trabalho social com as famílias.

No município do Crato, a SMTDS articula o programa através de esforços inter setoriais na identificação e atendimento dos casos de trabalho infantil.

Compartilhar:

Fotos