Crato: transparência na gestão pública

  • 17/10/2017

Visando a integração entre os órgãos e o monitoramento da aplicação dos recursos públicos no âmbito do município, o Governo do Crato, através da Controladoria Geral do Município, firmou acordo de cooperação técnica com a Controladoria Geral do Estado para a implantação do programa Observatório da Despesa Pública (ODP).

Além de integrar e monitorar a questão da aplicação dos recursos públicos, sejam eles oriundos das esferas: Federal, Estadual e Municipal, a ação tem ainda por objetivo identificar desvios e combater a corrupção. Para isso, serão desenvolvidas atividades em conjunto, bem como treinamento de servidores; troca de tecnologias, sistemáticas e dados; e análise de informações.

Essa rede de Observatório da Despesa Pública (ODP’s) é integrada pela Controladoria Geral da União, Tribunal de Contas da União (TCU); Ministério Público; Tribunais de Contas dos Estados (TCE); Controladorias Gerais do Estado (CGE); e as Controladorias Gerais dos Municípios (CGM).

Do Ceará, os dez municípios maiores foram convidados, incluindo Fortaleza, mas somente quatro aceitaram. Foram eles: Crato, Juazeiro do Norte, Sobral e São Gonçalo. “Participar é um sinal de transparência e de vontade de corrigir as falhas”, destacou o Controlador e Ouvidor Geral do Município do Crato, Otoni Lima Bezerra.

Segundo Otoni, o programa será instalado no município do Crato a partir do mês de novembro, após o treinamento dos servidores que irão compor o Observatório da Despesa Pública.

Compartilhar: