Agentes Comunitários de Saúde do Crato participam de formação técnica

  • 06/09/2019

Por meio de uma parceria da Secretaria Municipal de Saúde do Crato com a Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP/CE), 165 Agentes Comunitários de Saúde estão em processo de formação técnica. Em dezembro desse ano, estarão habilitados para fortalecer ainda mais o trabalho da Atenção Básica no município.

Fruto de uma parceria entre Secretaria de Saúde do Crato e Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP/CE) firmada em 2018, encontra-se em andamento o Curso Técnico em Agente Comunitário de Saúde (CTACS).

A formação técnica dos Agentes Comunitários de Saúde, prevista na Lei n° 10.507/2002, iniciou-se como resultado de uma grande mobilização nacional, promovida pela Secretaria da Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, do Ministério da Saúde, com o processo de construção do referencial curricular do ACS.

A ESP/CE vem desenvolvendo a formação técnica do Agente Comunitário de Saúde desde 2005.

Nesse contexto, 165 agentes estão sendo formados desde o ano passado, e em dezembro deste ano, serão apresentados os primeiros Técnicos em ACS’s formados, habilitados para fortalecer o trabalho da Atenção Básica no município do Crato.

De acordo com a enfermeira Keila Formiga, uma das facilitadoras do curso, para garantir o acesso de todos os ACS’s, o curso foi planejado a partir de itinerários formativos que possibilitam a progressão desses agentes à escolarização e à qualificação, buscando preparar os profissionais para atuar junto às equipes multiprofissionais que desenvolvem ações de cuidado à saúde dos indivíduos e grupos sociais em domicílios e coletividades.

“A formação está atualmente, na sua Etapa Formativa 2, cujo objetivo é desenvolver competências relacionadas à promoção da saúde, prevenção de doenças, dirigidos a indivíduos, grupos específicos e enfermidade prevalentes.

O curso busca, nesse momento, rever e recriar novas formas de articular redes de apoio nos territórios, envolvendo as condições de saúde e adoecimentos que se colocam como um maior desafio às equipes de Saúde da Família e da população”, explicou Keila.
As atividades acontecem todos os meses, perfazendo um total de 1.800hora/aula. Ao final do curso, o diferencial do município do Crato são os instrutores serem os próprios profissionais da Rede de Atenção, o que facilita a apropriação das problemáticas vivenciadas.

As aulas acontecem no CEJA, e em equipamentos parceiros, como o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) da Ponta da Serra, e na própria Secretaria de Saúde.

O Secretário de Saúde, André Barreto, com o apoio irrestrito do Prefeito Zé Ailton Brasil, vem investindo não só em melhorias físicas para a saúde municipal, mas procurando empreender cada vez mais no desenvolvimento de competências e habilidades dos profissionais.

Compartilhar:

Fotos