Crato recebe nota A em índice que mede capacidade de pagamento

  • 29/08/2019

A Secretaria do Tesouro Nacional divulgou a avaliação da Capacidade de Pagamento (Capag) e o Crato manteve a nota A, entre 61 municípios do Nordeste com mais de 100 mil habitantes a receber nota máxima na avaliação quanto à capacidade de pagamento das dívidas.

A avaliação mostra que o Município mantém uma ótima situação fiscal, com base na relação entre receitas, despesas e a situação de caixa. E, ainda, demonstra que as decisões tomadas pela gestão do Crato para conquistar o equilíbrio fiscal do município foram acertadas.

Para o prefeito Zé Ailton Brasil, o resultado coloca o município em uma situação privilegiada em relação aos investimentos. "Mesmo no momento de recessão, difícil para a maioria dos municípios brasileiros, realizamos um trabalho de muita responsabilidade para que a nossa gestão pudesse cumprir com as obrigações e, assim, continuar captando e investindo para o crescimento da cidade", comentou.

Diante dos excepcionais resultados financeiros, que transformaram o Crato de um Município desacreditado em termos financeiros, em exemplo de excelência fiscal, resultaram também em uma premiação para o titular da Secretaria de Finanças e Planejamento do Crato, Carlos Eduardo Marino.

É fato, hoje, que o Crato está operando o maior volume em investimentos de toda sua história, beneficiando diversas áreas da cidade. Conforme informa o secretário Carlos Eduardo, “em 2018 foi o melhor resultado em investimentos na cidade desde 2010, no auge do Governo Lula. E a estimativa é que, em 2019, a gestão municipal ultrapasse a marca de 2010”.

Compartilhar: