Governo do Crato inaugura nesta sexta-feira, Praça do CEU, no Mirandão

  • 05/04/2019

A Prefeitura do Crato, através da Secretaria Municipal de Cultura e de Infraestrutura, entrega hoje, 5 de abril, à população cratense, o primeiro Centro de Artes e Esportes Unificados da cidade, mais conhecido como Praça do CEU. A solenidade inicia às 17h, com as presenças do prefeito municipal, Zé Ailton Brasil e de todo o secretariado. Coordenado pelo Ministério da Cidadania (Antigo Cultura) e realizado em parceria com prefeituras municipais, os centros são construídos preferencialmente em comunidades de alta vulnerabilidade social. O referido equipamento é Coordenado pelo Ministério da Cidadania (Antigo Cultura) e realizado em parceria com prefeituras municipais.

O equipamento está localizado à Rua Teodorico Teles Neto, s/n, no bairro do Mirandão, e contemplará a população local, o Conjunto Conviver e também os adjacentes, como Muriti, Santa Luzia, São Miguel e Vila Lobo. Durante o processo, surgiu uma nova comunidade, o Conjunto Monsenhor Montenegro, no Barro Branco, que também pode ser englobado pelo projeto.

O CEU reúne em sua infraestrutura biblioteca, cineteatro, laboratório multimídia, salas de oficinas, espaços multiuso, Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), além de pista de skate, quadra coberta, playground e pista de caminhada. Um equipamento completo para promoção da cultura, esporte, social e lazer.

A gestão administrativa do equipamento será realizada pela Prefeitura Municipal e um Núcleo Gestor formado por representantes dos bairros contemplados, e a sociedade civil organizada será responsável pela articulação das ações do local.

A entrega deste equipamento representa uma grande vitória para todo o município. A obra da praça iniciou em 2013 e desde que assumiu a gestão, o prefeito Zé Ailton e o secretário Wilton Dedê se empenharam em finalizar a sua implantação e entregar à sociedade. “O projeto vem desde 2013, vem se arrastando e nessa gestão a gente deu prioridade, desembaraçamos alguns processos e, enfim, conseguimos. A nossa expectativa é que o equipamento se instale, e de forma muito positiva influencie na vida das comunidades envolvidas no projeto. Parte do equipamento já vem sendo utilizado pela população, atendendo a uma orientação do projeto, a de que nós devemos incentivar o uso para o empoderamento das comunidades em relação ao equipamento”, comentou o secretário.

Um momento muito importante do projeto foi o resgate de todo o Conselho Gestor, que tinha sido eleito há dois anos, e a Secretaria de Cultura buscou o grupo, reuniu todas essas pessoas, reinseriu no processo e hoje eles formam o Conselho. “Para eles, foi dado posse, o curso, inclusive da intervenção da grafitagem e agora eles vão sentar com a gestão municipal e formatar o projeto de planejamento para o seu funcionamento”.

A formação foi realizada pelo SENAC e abordou os temas: Oficina de Sensibilização (4 h/a); Curso Dinâmica de Grupo e Estratégia de Motivação (20 h/a); Curso de Desenvolvimento Comunitário (40 h/a); Oficina de Gestão Compartilhada; e Oficina de Grafite, com Wanderson Petrova, que coloriu as dependências desse novo espaço.

“Durante o processo de grafitagem, eu pude ver o entusiasmo dos integrantes do Conselho Gestor, e na metade do processo também dos moradores do entorno do equipamento, que passaram a participar daquele momento. É importante porque envolve a comunidade no projeto, sente que o projeto é seu e se assumem como donos, dispensando um cuidado especial com o equipamento”, parabenizou Dedê.

Proposta da Praça do CEU

A proposta das Praças do CEU é integrar, em um mesmo espaço, programas e ações culturais, práticas esportivas e de lazer, formação e qualificação para o mercado de trabalho, serviços sócio assistenciais, políticas de prevenção à violência e de inclusão digital, a fim de promover a cidadania em territórios de vulnerabilidade social nas cidades brasileiras.

O Ministério realiza o acompanhamento das obras e da implantação de um modelo de gestão participativa. A gestão da obra fica a cargo da prefeitura municipal. Depois de inaugurados, a gestão do local passa a ser de responsabilidade de um comitê composto por representantes do Poder Público municipal, da sociedade civil organizada e de moradores do local.

Compartilhar:

Fotos