Prefeitura do Crato apoia a realização da 105ª edição da Festa da Santa Cruz da Baixa Rasa

  • 28/01/2019

Uma festa já configurada como romaria, reuniu adultos, idosos e crianças em torno da fé, da crença e da cultura popular. A 105ª edição da Festa da Santa Cruz da Baixa Rasa, realizada na última sexta-feira, 25, com o apoio da Prefeitura do Crato, levou até a Floresta Nacional do Araripe (FLONA) cerca de 1.500 pessoas e 500 cavaleiros que celebraram, rezaram e se divertiram nas comemorações da história do vaqueiro que passava pela região, vindo de Pernambuco, montando seu cavalo, quando se perdeu na Chapada do Araripe.

Os mais velhos relatam que esse vaqueiro ficou perdido por dias, com fome e sede, até ser encontrado pouco antes de morrer, sendo sepultado ali mesmo. Há 105 anos foi realizada a primeira missa e ao longo desse tempo a peregrinação cresceu.

Em 2015, a Festa da Santa Cruz da Baixa Rasa foi tombada como Patrimônio Material e Imaterial do Município, tendo a partir de então mais atenção por parte do poder público.

A edição de 2019 da Festa teve início às 8h, na Igreja do Lameiro, onde os participantes seguiram em cavalgada até a FLONA, e lá celebrada uma missa em ação de graças e também aconteceram as apresentações do Reisado do Mestre Aldenir e da Mestra Zulene Galdino.

A Prefeitura do Crato, por meio da Secretaria Municipal de Turismo e Desenvolvimento Econômico Sustentável (SETURDES), garantiu, junto ao Instituto Chico Mendes da Biodiversidade (ICMBio), autorização para o evento, a Saúde municipal disponibilizou atendimentos a comunidade, como verificação da pressão arterial e teste de glicemia, e com uma ambulância de prontidão caso houvesse necessidade, e tudo ocorreu de forma tranquila.

A pasta da Segurança Pública enviou equipes da Guarda Civil e DEMUTRAN e ao término das comemorações a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Territorial, através da Coordenação de Serviços Públicos, realizou a higienização do local.

Maria de Lourdes da Conceição, do sítio São Bento, tem 62 anos e há 3 anos vem com seu cavalo Lorinho até a festa. “Aqui renovo minha fé, celebro a cultura da minha região e me sinto muito feliz junto dos meus amigos”, ressaltou.

“Trata-se de uma bela manifestação cultural e da fé de um povo. Temos um riquíssimo patrimônio e vamos preservá-lo a melhor forma”, destacou o secretário de cultura do Crato, Wilton Dedê.

Além do Secretário de Cultura, estiveram presentes os gestores da Saúde, André Barreto, da Segurança Pública, Coronel Jarbas Freire, do Desenvolvimento Agrário e Recursos Hídricos, Zilcélio Alves, do Meio Ambiente; do Desenvolvimento Territorial, Brito Júnior e do Turismo e Desenvolvimento Econômico Sustentável, Luís Carlos Saraiva e os assessores especiais do Gabinete.

Compartilhar:

Fotos