Crato sedia o VI Encontro Regional “Caminhos para o Envelhecimento Cidadão no Ceará”

  • 06/12/2018

Foi realizado ontem, quarta-feira, 5, na sede da Ordem dos Advogados do Brasil OAB, Crato, o VI Encontro Regional “Caminhos para o Envelhecimento Cidadão no Ceará” 15 Anos do Estatuto do Idoso".

O município do Crato, juntamente com representantes de conselhos e secretarias municipais da região, participaram do evento, que além de discutir os avanços e desafios no aniversário de 15 anos do Estatuto do Idoso, disponibilizou também informações sobre o funcionamento dos conselhos e fundos municipais da pessoa idosa e a regulação de instituições.

Dentre as orientações oferecidas, os organizadores informaram sobre o processo de captação de recursos para os fundos municipais através da declaração do Imposto de Renda.

Representando o prefeito Zé Ailton Brasil, a Secretária Municipal do Trabalho e Desenvolvimento Social, Edivania Gonçalves, compôs a mesa de honra juntamente com os palestrantes do dia. O promotor Enéias Romero; Marlene Almeida, membro do Conselho Estadual dos Direitos do Idoso (CEDI CE); Rubens Cezar Parente, do Tribunal de Contas; Paulo Roberto de Medeiros, da Receita Federal e Rosineide Rosa, do Conselho Municipal do Idoso do Crato.

“Existe necessidade de um diagnóstico do idoso no Município, a princípio, para obter dados relevantes sobre a sua atual situação e o que ele precisa, assim estaremos direcionando ações junto as políticas públicas”, destacou o promotor Enéias Romero.

Para a Secretária Municipal do Trabalho e Desenvolvimento Social, Edivania Gonçalves, o idoso cratense precisa ser localizado, reconhecido. “Temos que alavancar um processo de catalogação para cuidar dos nossos idosos da melhor forma, já temos vários atendidos nos nossos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), onde realizamos um trabalho de inclusão e fortalecimento de vínculos”, disse.

Como um exemplo claro do trabalho desses equipamentos, os idosos Alzira Vieira Cruz e José Rodrigues Castro recitaram poesia para o público enaltecendo as alegrias que vivenciam no CRAS do bairro Vila Alta.

Sobre o “Caminhos para um Envelhecimento Cidadão no Ceará”

A iniciativa do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), através do Centro de Apoio Operacional da Cidadania (CAOCIDADANIA) e do Centro de Apoio Operacional das Organizações da Sociedade Civil, Cível e do Consumidor (CAOSCC), com o apoio de diversas entidades, entre as quais a Aprece, visa fomentar a criação e o fortalecimento dos Fundos e dos Conselhos Municipais dos Direitos dos Idosos nos municípios cearenses, por meio de capacitações regionalizadas dos agentes envolvidos.

Os encontros estão sendo divididos em temas, como Conselhos Municipais dos Direitos; Criação e Implementação do Fundo Municipal; Políticas Públicas Municipais e Rede de Atendimento da Pessoa Idosa.

Compartilhar:

Fotos