Banda de Música do Crato recebe homenagem em noite de alegria e reconhecimento

  • 23/11/2018

Em uma noite repleta de alegria, gratidão e reconhecimento, a Prefeitura do Crato, através da Secretaria Municipal de Cultura (SECULT), realizou na noite da última quinta-feira, 22, no hall do Teatro Salviano Arraes, jantar em alusão ao aniversário de 138 anos da Banda de Música do Crato, comemorado no dia 22 de novembro.

Durante a festa, os músicos e seus familiares receberam uma linda homenagem dos jovens músicos da Escola de Música Maestro Azul (EMA), que abrilhantaram a noite com belas canções, teve ainda distribuição de brindes.

Durante a comemoração, o gestor da SECULT, Wilton Dedê, agradeceu o trabalho desenvolvido pela banda, que sempre tem agraciado os eventos no nosso município. “Um dos maiores orgulhos que tenho como gestor da SECULT é o trabalho desenvolvido pela Banda de Música do Crato”, ressaltou.

No ato representando o prefeito Zé Ailton Brasil, o Assessor Especial do Gabinete, Hermínio Brasil, parabenizou todos os músicos e disse ainda que eles são o maior patrimônio do nosso município. “Nos sentimos orgulhosos pelo tom e a dedicação com a qual vocês realizam esse trabalho”, frisou.

Em nome da banda, o maestro José Bonifácio descreveu a sensação de estar a frente da banda há quase 20 anos. “É como forma de reconhecimento aos músicos da banda que estão sempre em atividade e que vem mantendo assim uma tradição que perpassa o tempo, há mais de 137 anos de existência, levando alegria em todos os momentos da sociedade cratense”, disse.

Também prestigiaram o momento, o historiador e jornalista Huberto Cabral, que na ocasião, falou um pouco sobre a história da Banda de Música do Crato, do seu surgimento e eventos dos quais já participou; e a Secretária Adjunta da Cultura, Clea Nunes.

Histórico

Fundada em 22 de Novembro de 1880, pelo Intendente Municipal Coronel Antônio Luiz Alves Pequeno, a banda teve como maestros: Pedro Maia, Luiz Benício, Chico Baião, Manoel Augusto dos Santos (Maestro Azul) e está, hoje, sob a regência de José Bonifácio Salvador.

Atualmente, é composta por 33 músicos que dividem suas atuações entre ensaios, apresentações e a formação de novos instrumentistas, dando oportunidade a dezenas de jovens do município. “Hoje, essa função está sendo desempenhada pela Escola de Música Maestro Azul, que foi criada para suprir uma necessidade de uma escola pública de música na zona urbana do município, onde todos os seus professores são músicos integrantes da banda”, afirmou o maestro.

Compartilhar:

Fotos