SMTDS realiza grande São João dos CRAS

  • 27/06/2018

Fim de tarde e o forró pé-de-serra a todo vapor na Quadra Bicentenário, localizada na Praça Alexandre Arrais. Quem chegava no local, já para se exercitar, se perguntava o porquê de tamanha animação. Era o São João dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) que reuniu cerca de 300 idosos para festejar esta data tão especial para os nordestinos.

O evento, preparado especialmente pela Secretaria Municipal do Trabalho e Desenvolvimento Social (SMTDS), teve muito arrasta-pé, apresentações e comidas típicas, e já faz parte do calendário festivo anual dos equipamentos sociais do Crato.

A gestora da SMTDS, Edivania Gonçalves, enfatizou a participação de toda a equipe para a concretização do evento. “Agradecemos, especialmente aos nossos idosos pela participação, em nome do prefeito Zé Ailton. O evento fala por si do quanto que esta gestão se esforça para que tudo aconteça a contento”, afirmou.

Se dançar faz bem para o corpo e a mente desses idosos, imagina então, ao som do Rei do Baião, apresentado pelo trio “Chumbo sim, senhor”. Após essa recepção, a Quadrilha Raízes do Cariri, do bairro Seminário, fez uma apresentação do seu enredo de 2018, apresentando a temática da escravidão no Ceará, com muita beleza, sofisticação e reflexão sobre os temas como estupro, violência contra a mulher, homofobia, entre outros.

Finalizando as apresentações culturais, o CRAS Vila Alta contou a história de Luiz Gonzaga, encenando e dançando os seus grandes sucessos. A ansiedade dos idosos era grande para que tudo saísse como ensaiado com o orientador Jorge William. A cada música os idosos foram incorporando um acessório para representar o momento. Muita cenografia foi usada para todas as transformações.

Na música “Xote das Meninas”, os integrantes mostraram show de habilidade na troca de roupas. Em “Ave Maria Sertaneja”, mostraram a religiosidade presente na vida sertaneja e tão bem propagada pelo Rei do Baião. Entre as músicas, trechos da história do cantor eram narradas. Por fim, a música “Hora do Adeus” trouxe um Luiz Gonzaga para o centro da quadra, e o grupo de idosas se vestiram como antigamente ao ir à missa, com véus na cabeça e terça na mão, levando muita emoção aos presentes.

A festa foi encerrada com forró e a degustação das comidas típicas das festas juninas: mungunzá, baião com paçoca e canjica. Além da equipe da SMTDS, estiveram presentes o Secretários e a Adjunta da Cultura, Wilton Dedê e Clea Feitosa, respectivamente; o Chefe Adjunto do Gabinete, Felipe Correia, no ato representando o prefeito Zé Ailton Brasil; e o assessor do Gabinete, Cláudio Esmeraldo.

Compartilhar:

Fotos